Páginas

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

O papel do pedagogo no hospital

A hospitalização é uma situação com qual, muitas vezes, o ser humano convive passiva ou ativamente no seu cotidiano. Crianças que necessitam permanecer internadas por um período prolongado acabam sofrendo uma carência em relação à aprendizagem. E nós como futuras profissionais da educação percebemos que ainda tem muito a se fazer pela atuação do pedagogo no ambiente hospitalar, pois por meio do acompanhamento educacional dentro dos hospitais iremos resgatar vários sentimentos nessas crianças como aceitação, auto estima, segurança, uma melhor qualidade de vida e a continuidade do desenvolvimento das potencialidades que elas apresentam. O Pedagogo tem um papel de mediador dos sentimentos de amor onde a criança/adolescente está em um ambiente com cenário desconhecido, afastado de sua família e amigos vivendo momentos desprazerosos e angustiantes. O pedagogo possui ferramentas capazes de promover a interação entre a criança, a família, a escola e o hospital diminuindo os traumas da internação e contribuindo para interação social. Portanto, embora o pedagogo não tenha seu papel totalmente reconhecido por médicos, enfermeiros, nutricionistas que acredita que o pedagogo tem apenas o papel de brincar com a criança para que ela não dê trabalho não podemos deixar de acreditar no reconhecimento da importância da atuação dos pedagogos no ambiente hospitalar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário